terça-feira, 27 de março de 2012

Beto Richa autoriza crédito para incentivar uso de gás natural

Da AEN:

O governador Beto Richa autorizou na última segunda-feira (26), em Curitiba, a criação de linhas de crédito para incentivar o uso do Gás Natural Veicular (GNV) no Estado. Por meio de um convênio entre a Companhia Paranaense de Gás (Compagas) e a Agência de Fomento do Paraná, estão disponíveis R$ 10 milhões em financiamentos.

O empréstimo será repassado aos interessados na modalidade microcrédito, para conversão de motores de veículos utilizados na prestação de serviços e também para postos de combustíveis e oficinas reparadoras e convertedoras que desejem investir em equipamentos e estrutura.
Os recursos serão emprestados a juros de 0,58% a 1% ao mês, com pagamento em até 60 meses e carência de 12 meses. O acordo assinado tem validade até dezembro de 2014.
“A ideia é estimular o consumo do GNV e fomentar uma nova alternativa energética. A linha de crédito também está alinhada com a política industrial do Estado, onde o setor deve continuar crescendo acima do nacional”, afirmou o governador. Ele lembrou que a produção industrial do Paraná registrou crescimento de 7% em 2011, maior taxa entre os estados brasileiros.
“O preço do equipamento de GNV e esta linha de crédito com juros baixos permitem aos trabalhadores adaptarem seus veículos com o que existe de mais moderno na área de gás veicular”, disse o diretor-presidente da Compagas, Luciano Pizzatto. Ele informou que o objetivo da empresa é ampliar a oferta do gás natural para todo o Estado em parceria com os sindicatos e distribuidores de combustíveis.
“Os interessados em adquirir uma linha de crédito têm que procurar os sindicatos do setor, que estão em contato com os agentes de crédito da agência”, afirmou o diretor-presidente da Agência de Fomento do Paraná, Juraci Barbosa Sobrinho.
De acordo com o presidente do Sindicombustíveis Paraná, Roberto Fregonese, o convênio contribuirá para aumentar a rede de postos de combustíveis fornecedores de GNV em todo o Paraná. “Trabalhamos desde o ano passado em parceria com a Compagas para oferecer ao consumidor um combustível mais limpo e mais barato”, afirmou.

ECONOMIA E MEIO AMBIENTE – Para os usuários que utilizam veículos para serviços, a linha de crédito irá permitir a conversão com tecnologia de ponta, com kits de 5ª geração e que possuem alto rendimento e garantem mais economia e redução da emissão de poluentes. O acordo faz parte do Programa de Incentivo ao Uso do GNV, criado pela Compagas, e segue a diretriz do governo do Estado de diversificação e ampliação da matriz energética do Paraná, como forma indutora de desenvolvimento integrado estadual e regional.
“O GNV, além de ser menos poluente e trazer vantagem para o meio ambiente, é 50% mais econômico em relação ao etanol”, explicou Pizzatto. Caberá à Compagas fornecer orientação técnica aos interessados e avaliar o desempenho dos programas desenvolvidos.
Acompanharam a assinatura do convênio o coronel Adilson Castilho Casitas (chefe da Casa Militar do Paraná), o secretário Wilson Quinteiro (Relações com a Comunidade); a defensora pública-geral do Paraná, Josiane Bettini Lupion; o diretor-presidente da Companhia de Desenvolvimento Agropecuário, Silvestre Staniskewski; o diretor-presidente do Instituto ÁguasParaná, Márcio Nunes, e representantes do setor de combustíveis.


Nenhum comentário:

Postar um comentário