quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Sanepar perfura poços com 900 metros de profundidade para abastecer Londrina e Cambé

Do Londrix: 


Moradores da região Norte de Londrina começaram a receber, ontem, água de dois novos poços da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), perfurados a 900 metros de profundidade no Aquífero Guarani. São os dois maiores poços da Companhia e vão produzir 17,3 milhões de litros de água por dia, permitindo aumentar em 10% a produção da Sanepar em Londrina. Para perfurar e integrar os poços ao sistema, a Sanepar investiu R$ 15 milhões.
“Londrina e Cambé são duas das cidades onde mais cresce o consumo de água no Estado, e a empresa está se preparando para atender a essa demanda com investimentos permanentes e de grande porte”, afirma o presidente da Sanepar, Fernando Ghignone.
O sistema integrado da Sanepar que abastece Londrina e Cambé tem captações no Rio Tibagi, no Ribeirão Cafezal e em poços no Aquífero Serra Geral. Com os novos poços no Guarani, que funcionarão em fase de testes nos próximos 15 dias, a produção de água nos municípios passará dos atuais 190 milhões para 207 milhões de litros de água por dia.
O Aquífero Guarani é a principal reserva subterrânea de água doce da América do Sul e um dos maiores aquíferos do mundo, com área de 1,2 milhão de quilômetros quadrados no Brasil, no Paraguai, no Uruguai e na Argentina. A maior parte (840 mil quilômetros quadrados) está no Brasil, nos estados de Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário