terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

CBF reconhece o óbvio: título de 1987 é do Flamengo

Do Bonde:

Sem esconder a alegria pelo reconhecimento do título nacional de 1987, a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, aproveitou a entrevista coletiva desta segunda-feira para cobrar do São Paulo a devolução da Taça das Bolinhas, entregue pela Caixa Econômica Federal no início deste mês.

"Sinceramente não sei se o São Paulose posicionou ou não, mas espero que o clube tenha a nobreza de devolver a Taça para a Caixa Econômica Federal. Uma vez estabelecido nosso título de 87, o Flamengo passa a ser o primeiro pentacampeão brasileiro. Espero que eles reconheçam", declarou a dirigente. 

"O atual presidente [do São Paulo] Juvenal Juvêncio era presidente do clube dos 13 na época do título e assinou documentos reconhecendo o Flamengo como campeão. Espero isso dele", reforçou Patrícia Amorim, que celebrou o reconhecimento da CBF neste segunda. 

Uma das maiores polêmicas do futebol brasileiro, a disputa pelo título da Copa União de 1987 foi encerrada pela CBF, em comunicado do presidente Ricardo Teixeira. A entidade reconheceu oficialmente o Flamengo como campeão brasileiro de 1987, assim como o Sport Recife, que, até então, era apontado como vencedor da competição. Guarani e Internacional foram oficializados como vice-campeões nacionais. 

"Nação, pode comemorar mais uma vez. O título de 87 é nosso. Hoje é o dia mais feliz desde que assumi a presidência do Flamengo. Eu diria que é um dos dias mais felizes da minha vida", comemorou Patrícia Amorim, que exaltou o trabalho dos advogados do clube. "Faço um agradecimento especial ao nosso departamento jurídico. Todos são apaixonados pelo Flamengo e foram abnegados nessa questão. Todo o trabalho técnico deles deu respaldo ao clube para trazer essa conquista". 

Um dos heróis do título de 1987, o atacante Bebeto, campeão mundial pela seleção brasileira em 1994, também festejou o reconhecimento da CBF. "Até que enfim. Ainda bem que isso se resolveu bem. É uma decisão muito justa. Vencemos dentro de campo", afirmou o autor dos dois gols do Flamengo na vitória sobre o Internacional na decisão do campeonato. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário