quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Governo diz que Delegacia Eletrônica começa a funcionar no início de setembro

Da AEN: 

 

Começa a funcionar em todas as unidades policiais do Estado do Paraná até o início de setembro o sistema de registros de ocorrências pela internet. O projeto da Delegacia Eletrônica foi anunciado no início da semana (16) pelo governador Beto Richa, durante o lançamento do programa Paraná Seguro. A intenção é que a medida dê mais agilidade e profissionalismo ao atendimento policial. 

“O uso da tecnologia vai reduzir a burocracia e melhorar o atendimento à população, reduzindo o tempo e aumentando a qualidade. Tenho certeza de que esse processo vai ajudar a fortalecer as polícias do Paraná”, disse Richa. Ele destacou que apenas os estados do Piauí e Paraná ainda não dispõem da ferramenta. 

O serviço estará à disposição pela internet na página www.delegaciaeletronica.pr.gov.br. O cidadão poderá informar perda ou extravio de documentos e objetos, além de apresentar denúncias, sem precisar se deslocar até uma delegacia. O registro será recebido por um agente policial que encaminhará o documento para a delegacia mais próxima da ocorrência ou da residência do notificante. Em caso de dúvidas, o agente entrará em contato por telefone com a pessoa que registrou a ocorrência. O notificante receberá por e-mail um número de protocolo, por meio do qual poderá imprimir o boletim de ocorrência. 

O sistema foi desenvolvido pela Companhia de Informática do Paraná (Celepar), em parceria com especialistas da Secretaria de Segurança Pública. 

O delegado geral da Polícia Civil do Paraná, Marcus Vinicius Michelotto, afirma que todas as delegacias estão se adaptando para trabalhar com o novo modelo de ocorrências. Ele destaca que o projeto da Delegacia Eletrônica prevê uma central de atendimento e que os equipamentos já foram adquiridos. “É um processo que vai facilitar o registro de ocorrências pela população”, afirma.

Segundo o coordenador de Informática da Polícia Civil, Eduardo Marcelo Castella, aos poucos a Delegacia Eletrônica vai aumentar o número de crimes que poderão ser denunciados on-line. O próximo incluído no sistema deverá ser o de  furtos de documentos e objetos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário