segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Beto Richa entrega carta de intenções para atrair novos investimentos da Renault

Da AEN:
O governador Beto Richa entrega carta ao presidente mundial da Renault, Carlos Tavares, onde o Paraná formaliza interesse em dar apoio para novos investimentos que a montadora quiser fazer no Estado. Foto: Luc Perenom


O governador Beto Richa entregou ao presidente mundial da Renault, Carlos Tavares, nesta segunda-feira (29), em Paris, uma carta de intenções que formaliza o interesse do Paraná em dar apoio para novos investimentos que a montadora quiser fazer no Estado.
Segundo Richa, a multinacional francesa vive um momento de expansão das suas atividades e estuda projetos de ampliação da produção na América Latina. O encontro na capital francesa contou com a participação de Jean-Michel Jalinier, presidente da Renault do Brasil.
“A Renault tem projetos que podem gerar novos empregos na área de produção e engenharia. A nossa intenção é trazer estas oportunidades para o Paraná com o apoio do nosso programa de incentivos fiscais”, declarou o governador. Segundo ele, além dos empregos diretos, investimentos do setor automotivo são importantes porque geram impactos positivos em toda a cadeia de fornecedores e sobre a economia de uma forma geral.
Richa destacou que o programa de incentivos Paraná Competitivo é uma política fiscal moderna, que leva em conta os interesses do Estado na concessão de benefícios e torna mais flexível a negociação com os investidores. Ele destacou que o resultado da implantação do programa foi a abertura de negociações com 70 grupos empresariais nacionais e estrangeiros desde fevereiro.
O governador informou aos executivos franceses que nos primeiros seis meses de vigência dos novos incentivos propostos pelo governo, o Estado já conseguiu atrair R$ 2 bilhões em investimentos. “O governo vai dar o estímulo necessário para garantir a implantação de bons empreendimentos no Paraná. Hoje, há diálogo e garantia de segurança jurídica para o investidor”, reforçou Richa.
Carlos Tavares destacou que em 2011 a Renault completa 15 anos de instalação da unidade paranaense. Neste tempo, a empresa já aplicou US$ 2,5 bilhões no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais, e gera atualmente 6.000 empregos diretos. De acordo com o presidente da montadora, somente neste ano estão sendo contratados 1.000 trabalhadores, para dar suporte ao início do terceiro turno da linha de produção.
No relato feito ao governador Beto Richa, o executivo da Renault ressaltou que a empresa é atualmente a maior exportadora do Estado. Somente em 2010, 56 mil veículos e 118 mil motores foram enviados para países como Argentina, Colômbia e México. Ele também relatou o bom desempenho da marca no mercado brasileiro, com crescimento de 23,5% neste ano, enquanto o setor automotivo nacional cresceu 8,1%.
Na próxima quinta-feira, o governador Beto Richa e os integrantes da missão paranaense têm reunião em Milão, na Itália, com diretores da Pirelli Pneus, entre eles Alberto Pirelli, Francesco Gori e Ugo Forner. A comitiva também será recepcionada pelo cônsul-geral do Brasil na cidade, embaixador Luiz Henrique Pereira da Fonseca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário