quarta-feira, 24 de agosto de 2011

AESA obtém certificação integrada em quatro normas de gestão

Da Assessoria:


Processo durou 11 meses e dinâmica foi inédita no mercado. Certificação foi concedida pela BRTÜV

A AESA - indústria especializada no mercado de peças de reposição para veículos de carga, com 60 anos no mercado e sede em Cambé/PR, conquistou a Certificação Integrada que envolve quatro normas de gestão: ISO 9001 (Gestão de Qualidade - recertificação), ISO TS 16949(Gestão da Qualidade para Indústria Automotiva), ISO 14001 (Sistema de Gestão Ambiental) e OHSAS 18001(Gestão da Segurança no Trabalho e Saúde Ocupacional). A preparação para todas as certificações aconteceu em um período inédito de 11 meses.
“Optamos pela certificação integrada porque existiam convergências entre uma e outra norma de gestão. O trabalho foi maior, mas conseguimos realizar aproveitamentos que garantiram resultados muito positivos para a empresa e para os profissionais que estão fazendo parte deste momento histórico para a AESA. O nosso objetivo é fazer uma empresa melhor a cada dia, valorizando o ser humano, o conhecimento, a qualidade, a consciência ambiental e a saúde no ambiente de trabalho”, destaca André Bearzi, diretor administrativo financeiro.
Como as quatro normas possuem requisitos comuns, a integração foi uma solução para otimizar a elaboração de documentos e procedimentos internos, realizar auditorias pertinentes a todas as normas de forma simultânea e unificar a gestão da empresa em relação à qualidade, meio ambiente, saúde e segurança.
Neste período, a política da qualidade passou a ser uma “Política Integrada” e reflete o comprometimento da AESA em aumentar a satisfação do cliente; melhorar produtos e processos continuamente; atender aos regulamentos legais e requisitos necessários referentes à Qualidade, Saúde e Segurança no Trabalho; e preservar o Meio Ambiente com a realização de trabalhos voltados à prevenção da poluição e à sustentabilidade ambiental.
“A AESA vem crescendo ano a ano, presente nos mercados interno e externo. Além de atender ao mercado de reposição de peças, estamos nos capacitando para sermos fornecedores de montadoras em um futuro próximo. As certificações nos garantem processos de execução referenciais para avançarmos nos mercados. Hoje, estamos com mais de 300 colaboradores, o que exige padronização de processos para a garantia contínua da qualidade”, ressalta Bearzi.
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário