segunda-feira, 28 de março de 2011

Menina do arco-íris visita Londrina e Apucarana

Da Assessoria:

A peça teatral “A menina que morava no arco-íris”, espetáculo produzido pelo Grupo Almazém Teatro de Bonecos e inspirado no livro da poetisa curitibana Adélia Maria Woellner, chega às cidades de Londrina e Apucarana no fim de março.
Em Londrina, o espetáculo será exibido no palco do Teatro Marista, no dia 30 de março, em dois horários, às 14h30 e às 16 horas. Na sexta-feira, dia 31, a peça será apresentada em Apucarana, no Cine Teatro Fênix. O espetáculo recebeu o apoio das Prefeituras dos municípios que sediarão as apresentações, da Fundação Cultural de Curitiba e a aprovação do Ministério da Cultura.
Com direção de Gil Gabriel e produção de Dnize Castro, a obra poética da autora Adélia Maria Woellner foi adaptada à linguagem do teatro de bonecos. Todos os detalhes foram cuidadosamente planejados para tornar a peça ainda mais emocionante, como: trilha sonora, conteúdo lúdico e, em especial, as mensagens de preservação da vida humana e do meio ambiente, fundamentadas no respeito entre os seres humanos.
Para a poetisa Adélia Maria Woellner o espetáculo dá vida à história da menina Feri-Fêri que está presa ao papel. “Qualquer palavra que eu use é incapaz de descrever meu sentimento ao ver a obra ganhar vida. Sinto-me a própria menina do arco-íris quando a intenção é ajudar o planeta. É importante levar essa mensagem às crianças que ainda guardam a capacidade de se sensibilizar e se mobilizar para a importância do nosso papel em relação à natureza”, reflete Adélia Maria Woellner.
Gil Gabriel, responsável pela confecção dos mais de 30 bonecos que fazem parte da peça, conta que o processo de criação é minucioso. “Primeiro fazemos uma adaptação da linguagem para o mundo dos bonecos. Depois, escrevemos o roteiro, criamos outros personagens e elementos, definimos o cenário, a trilha sonora e, por último, iniciamos o processo artesanal de esculpir, modelar, pintar e vestir os bonecos”. Para dar movimento, apenas três atores trabalham no palco: Gil Gabriel, Tarcísio Alencar e Gustavo Iaguszeski. O Grupo utiliza várias técnicas nesse espetáculo: manipulação direta, através de hastes, máscaras, bonecos de luva e algumas galerias.
Dnize Castro conta que a peça é destinada a crianças com idade acima de quatro anos e tem duração de 45 minutos.

A História
“A menina que morava no arco-íris” conta a história de Feri-Fêri, uma menina imaginativa que cria metáforas a partir dos problemas vividos pelo Planeta Terra. Em seus sonhos, constrói uma casa ideal, feita de nuvens, o que possibilita que ela se para desloque para todos os lugares que desejar. Depois muito de viajar pelo espaço, Feri-Fêri decide pousar em um arco-íris que lhe oferece aconchego, proteção e toda a beleza de suas cores.
Certo dia, a menina percebe que a Terra não está muito bem. Lá de cima, observa atentamente e nota a tristeza e a preocupação das pessoas que vivem aqui. Vê muita violência, desatenção com a natureza e, sobretudo, muitas explosões. Sente que cada explosão machuca a Terra e decide mudar a situação. Então, chama seu professor e ambos viajaram à Terra com a missão de ajudar. Quando chegam, encontram o ser humano perdido na sua própria confusão, mas veem esperança nas crianças que ainda desejam o bem. Assim, Feri-Fêri coloca em prática um plano de transformação, para ensinar e sensibilizar as crianças, pautado em carinho e respeito pelas pessoas e pela natureza. Isso permite uma conexão entre o real e o imaginário.
O Grupo Almazém
O Grupo Almazém Teatro de Bonecos foi fundado em 2002 com a missão de renovação plástica, pesquisa e aprofundamento da arte do teatro de bonecos. O Grupo já teve espetáculos reconhecidos, como “O Cirandeiro”, que em 2005 obteve duas premiações no Prêmio Gralha Azul - maior premiação do teatro paranaense - nas categorias: “Melhor Espetáculo Infantil” e “Melhor Ator”. No mesmo ano, foi indicado a dois outros títulos: “Melhor Texto” e “Melhor Espetáculo Infantil”. O Almazém traz em seu currículo as peças “Os Bichos”, “Palhaço e o Nariz” e “Circus Almazém”, já exibidas em diversas cidades do Brasil e da Europa.

Serviço:
“A menina que morava no arco-íris”
Apresentações em Londrina
Data: 30/03 às 14h30 e às 16 horas
Local: Teatro Marista
Endereço: Rua Christiano Machado, 240
Ingressos: Gratuito

Apresentação em Apucarana
Data: 31/03 às 14h30
Local: Cine Teatro Fênix
Endereço: Avenida Curitiba, 1.215
Ingressos: Gratuito

Nenhum comentário:

Postar um comentário