terça-feira, 13 de abril de 2010

APMI completa 60 anos dedicados à Cambé

A Associação de Proteção à Maternidade e Infância completa 60 anos de atividades ininterruptas em defesa de crianças, mulheres, idosos e jovens atendendo perto de quatro mil pessoas diariamente em Cambé.
Para comemorar a data, foi criada uma grande agenda de eventos e homenagens que culminou com a entrega, pela Câmara de Vereadores do Diploma de Reconhecimento Público para a entidade.
“Agradeço a todos os vereadores que votaram unanimemente em favor da concessão do Diploma de Reconhecimento Público para a APMI”, disse o autor do projeto, Junior Félix. “Já fui funcionário da APMI e hoje como vereador e presidente do Legislativo Municipal tenho a honra de entregar este diploma para a entidade, que faz um trabalho maravilhoso em Cambé”, ressaltou Junior Félix.
Já o prefeito municipal, João Pavinato, destacou que o momento é de agradecimento a todos que construíram a APMI ao longo dos anos. “A palavra de hoje para a APMI é de gratidão a todos que nestes 60 anos construíram a APMI”, disse o prefeito, completando: “o patrimônio que a APMI edificou nestes 60 anos transcende o que é material e a recompensa de cada um que colaborou nesta construção é a gratidão que está presente no coração de milhares de famílias beneficiadas”.
Por sua vez, a presidente da APMI e primeira-dama de Cambé, Ana Paula de Angeli Andrade, usou a tribuna para exaltar o trabalho de todos os colaboradores . “Agradeço o trabalho de cada um e cada uma que trabalha conosco, a toda a nossa diretoria atual e também a todos que já trabalharam na APMI nestes 60 anos”. No mesmo sentido, a primeira-dama destacou a dedicação das ex-presidentes da entidade e suas diretorias. “Agradeço a cada ex-presidente e a todas as pessoas que já passaram pela diretoria da APMI. O trabalho de vocês foi fundamental para a consolidação da entidade”



Números da APMI impressionam
Os números da APMI impressionam. São doze centros de educação infantil (creches) que atendem 1.100 crianças de zero a seis anos; seis projetos sociais voltados para educar e inserir os jovens no mercado de trabalho, que atendem 780 adolescentes (NAF, NESP, PIÁ, Oficina de Expressão, Ação Educativa e Projeto Zona Verde); quatro centros de convivência de idosos que atendem cerca de mil idosos; quinze clubes de mães que atendem 500 mulheres; além de 850 mulheres atendidas no projeto Integração Comunitária, que estímula a prática da atividade física e ainda a manutenção da Casa Abrigo e da Oficina Geradora de Renda.


APMI presta homenagem à fundadoras e ex-presidentes
Ainda em comemoração aos 60 anos de fundação da APMI, foram homenageadas as sócias-fundadoras e também as ex-presidentes da entidade.
A solenidade realizada no salão do Harmonia Tenis Clube foi conduzida pela atual presidente Ana Paula de Angeli Andrade, que mais uma vez fez questão de agradecer o trabalho desempenhado pelas fundadoras e também pelas ex-presidentes.
A vice-presidente da APMI e vice-prefeita, Cidinha Pascueto, recebeu homenagem especial pelos anos de dedicação à entidade e aos seus trabalhos na área social.
O evento contou com a presença do prefeito João Pavinato, do deputado federal Luiz Carlos Hauly, do presidente da Câmara, Júnior Félix, da vereadora Ivani da Unidefi, entre outras autoridades. Algumas fundadoras da APMI marcaram presença. Outras, foram representadas por familiares. Também se fizeram presentes os familiares do primeiro prefeito nomeado de Cambé, Eustáquio Selmann e também primeiro prefeito eleito, Jacídio Correia.
O trabalho de identificação e localização das fundadoras da APMI ou seus familiares contou com o apoio do Museu Histórico de Cambé.

Nenhum comentário:

Postar um comentário