quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Governador libera R$ 34,1 milhões para obras em escolas estaduais

Da AEN:


O governador Beto Richa assinou nesta sexta-feira (28/10) a homologação de processos licitatórios para obras em escolas da rede pública de diversas regiões do Paraná, somando R$ 28,6 milhões. Ele também autorizou abertura de concorrências públicas no valor de R$ 5,5 milhões para vários projetos de melhorias em colégios estaduais, principalmente de ensino profissionalizante. 

“Estas liberações são exemplo da atenção do governo com a melhoria das condições da educação pública. Estamos investimento na qualidade do ensino com obras estruturais e valorização dos professores”, afirmou o governador Beto Richa. “Conseguimos avançar muito na recomposição da infraestrutura da rede de estadual, uma prioridade enfrentada desde o primeiro dia da nossa gestão”, completa o secretário da Educação e vice-governador Flávio Arns.
O maior lote de obras autorizadas, no valor de R$ 6.972.147,34, envolve escolas de Curitiba e área metropolitana (R$ 4.459.661,02), Ponta Grossa (R$ 1.433.948,76) Paranaguá (R$ 623.452,02) e Wenceslau Braz (R$ 455.085,54). Outros R$ 733,6 mil foram liberados para reparos e melhorias das instalações elétricas em unidades de 24 municípios da Região Metropolitana de Curitiba e Litoral.
A segunda maior contratação liberada é no valor de R$ 6.166.255,27, para obras nas unidades sob responsabilidade dos Núcleos Regionais de Educação (NRE) de Apucarana (R$ 856.169,72), Cornélio Procópio (R$ 965.406,73), Jacarezinho (R$ 722.353,50), Londrina (R$ 1.666.285,52), Maringá (R$ 1.289.803,85) e Telêmaco Borba (R$ 666.235,95). Além de melhorias da estrutura, haverá modernização da parte elétrica de colégios em 39 municípios, com investimento de R$ 844 mil.
Outra liberação feita por Richa é para obras nas regiões Oeste e Sudoeste, num total de R$ 5.267.881,85. Serão atendidas escolas dos núcleos de Cascavel (R$ 1.222.077,28), Assis Chateaubriand (R$ 399.902,50), Dois Vizinhos (R$ 440.516,70), Foz do Iguaçu (R$ 809.214,81), Francisco Beltrão (R$ 1.183.125,06) e Toledo (R$ 1.213.045,50). Nas mesmas regiões também serão realizadas melhorias de instalações elétricas em colégios de 62 cidades, no valor de R$ 1,1 milhão.
A quarta maior licitação chega a R$ 4.317.234,28 milhões e atende escolas das regionais de Guarapuava (R$ 717.810,03), Irati (R$ 750.142,80), Laranjeiras do Sul (R$ 747.882,70), Pato Branco (R$ 1.041.856,20), Pitanga (R$ 434.426,85) e União da Vitória (R$ 625.115,70). O trabalho será complementado com projetos de melhorias na parte elétrica de escolas estaduais de 24 municípios, orçadas em R$ 455 mil.
Para a região Noroeste, o governo homologou uma licitação no valor de R$ 2.139.070,70. Os recursos serão aplicados para reformas e reparos de colégios públicos vinculadas aos Núcleos Regionais de Educação de Campo Mourão (R$ 709.435,80), Cianorte (R$ 426.569,00), Loanda (R$ 378.092,30) e Paranavaí (R$ 624.673,60). A licitação para obras nas instalações elétricas nas escolas da região chegam a R$ 585 mil.

NOVAS LICITAÇÕES - O governador Beto Richa também autorizou a continuidade da concorrência pública para a ampliação do Colégio Agrícola da Lapa, com investimento de R$ 3,2 milhões. Outra licitação liberada foi para a segunda etapa de ampliação do Colégio Estadual São José, no município de São José das Palmeiras.
Também poderão ser licitados os serviços de engenharia para a segunda etapa de ampliação do Centro Estadual de Educação Profissional Professor Manoel Moreira Pena, em Foz do Iguaçu, orçada em R$ 625 mil. Os mesmo processo se dá em relação ao Centro Estadual de Educação Profissional Professor Olegário Macedo, em Castro. O investimento previsto nesta unidade é de R$ 481 mil.
Outros dois colégios também receberão obras de melhorias e ampliação. Na Escola Estadual Beatriz Biavatti, em Francisco Beltrão, serão investidos R$ 279 mil, enquanto o Centro Estadual de Educação Profissional Getúlio Vargas, em Palmeira, terá obras orçadas em R$ 591 mil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário