quarta-feira, 23 de novembro de 2011

192 famílias realizando o sonho da moradia própria

Do Cambé de Fato:

No próximo dia 26 (sábado) 192 famílias vão receber as chaves dos apartamentos construídos no Jardim Ana Elisa 1 através do Programa Minha Casa, Minha Vida. 
As famílias foram sorteadas entre as que se inscreveram no site da Prefeitura de Cambé e estão contando as horas para realizar o sonho de ter seu próprio espaço. Cada família vai pagar dez por cento da renda familiar durante dez anos pelo apartamento, mais as despesas de condomínio, que serão divididas entre as 192 famílias. 
Nas últimas semanas, as famílias têm participado de reuniões e oficinas com as equipes da Caixa Econômica Federal e da Prefeitura de Cambé e também do sorteio da ordem de escolha dos apartamentos, quando o CAMBÉ DE FATO colheu os depoimentos desta página. 
As famílias também já assinam contrato e não poderão vender, ceder e nem alugar os apartamentos, sob pena de a Caixa retomar os imóveis e refinancia-los para os suplentes que aguardam sua oportunidade. 
O prefeito João Pavinato destaca que a construção de unidades habitacionais é uma de suas prioridades de governo. “Estamos empenhados em trazer mais investimentos na área da habitação para Cambé. Estamos entregando os 192 apartamentos e dentro de algumas semanas estaremos entregando as primeiras 315 casas do Conjunto Antonio Casaroto, cuja segunda etapa (outras 62 casas) começam no início de 2012”, disse o prefeito, lembrando que também estão em fase de início de obras dois residenciais (Village Itaipu e Água da Esperança) feitos também pelo Minha Casa, Minha Vida, mas para famílias com renda entre dois e cinco salários mínimos mensais. “Somando ainda as 284 casas que serão construídas no Jardim Campos Verdes, temos um total de mais de 1.700 unidades habitacionais sendo construídas ou em planejamento em Cambé, que é o maior volume de obras nesta área em toda a história da cidade”, destaca Pavinato. 
A cerimônia oficial de entrega dos apartamenos está marcada para o dia 26 de novembro, com inicio às 9h00, no local.  

Depoimento de futuros moradores:

Shirley Bernardino: “Não tenho palavras para dizer o que estou sentindo. Eu fiz todas as inscrições anteriores e já não acreditava mais que seria chamada. Eu tenho três filhos e estou esperando uma casa há mais de 20 anos. Me sinto como se tivesse tendo um filho agora. É a mesma alegria! Agradeço muito ao prefeito João Pavinato por esta conquista. Que Deus abençoe ele e toda sua equipe por esta realização. 
Nelci Aparecida do Prado: “Pago R$ 300 de aluguel e vou pagar pouco mais de R$ 150 pelo apartamento, já com o condomínio. A diferença para mim é muito importante. As pessoas não têm noção do que é pagar aluguel. O apartamento é maravilhoso e é uma benção de Deus. O prefeito João Pavinato foi maravilhoso trazendo estes apartamentos para nós. Moro em Cambé desde 1984 e tenho dois filhos, de 17 e oito anos e nunca tinha sido contemplada. Agora estou muito feliz!  
Angélica Romano Macedo: “Tenho quatro filhos, de onze, sete, seis e três anos e estava desempregada e sendo despejada do lugar onde moro. Eu estava desesperada e fui atrás do prefeito e ele pediu para eu fazer a inscrição como todos os outros, e que eu teria muitas chances. Agradeço a Deus e ao prefeito João Pavinato, por que deu certo. Ele acertou muito em trazer estes apartamentos para Cambé”. 
Arlete dos Santos Ramos: “Estou muito feliz. Eu fui a quinta pessoa a fazer a inscrição para os apartamentos e agora é a realização de ter dignidade, de ter onde morar e ser respeitada, com minhas duas filhas, de três e dois anos.”   
Aparecida de Fátima dos Santos: “Estou há anos esperando. Estou muito feliz, bastante mesmo. O apartamento vai atender as nossas necessidades. É um sonho realizado.”  
Odair de Oliveira, com a esposa Keli e o filho José Gabriel: “O programa é ótimo e vai ajudar bem, pois todo mundo quer o seu lugar. Estamos muito felizes”.   
Juliano Xavier e a esposa Patrícia: “Estamos muito felizes. Vim para Cambé há dez anos e há sete estou casado e aguardando uma casa. Para mim o Programa Minha Casa, Minha Vida, da Prefeitura e do Governo Federal é muito bom e faz as pessoas criarem raízes na cidade”.   
Ana Maria Severino: “Estou muito feliz e agradeço tanto a Deus por este momento. Tenho dois filhos, de onze e cinco anos, e a quadra de esportes vai ser a alegria deles. Estou há mais de dez anos aguardando uma casa e agora vou sair do aluguel”.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário