terça-feira, 14 de junho de 2011

Câmara de Londrina homenageia piloto Fellipe Seraphim dos Santos

Do Londrix, com informações da Câmara de Londrina: 



O piloto cambeense Fellipe Seraphim dos Santos, 24 anos, herói do acidente aéreo ocorrido em dezembro do ano passado na zona rural do distrito da Warta, em Londrina, no qual sete pessoas sobreviveram, será homenageado pela Câmara de Vereadores de Londrina com o Diploma de Reconhecimento Público.
A honraria, proposta pelo vereador José Roque Neto (PTB) foi subscrita por todos os vereadores e vereadoras e será entregue na sessão ordinária desta terça-feira (14), às 18h45, no plenário do Legislativo.
No dia 12 de dezembro de 2010, Fellipe era co-piloto do turbo-hélice King Air C-90, prefixo PT-WUG, da empresa Programa Leilões. A aeronave partiu da cidade de Uberaba (MG) com destino ao Aeroporto Governador José Richa em Londrina com sete pessoas a bordo, sendo além de Feliipe o piloto José Alexandre Bento e cinco passageiros.
Quando se aproximavam da cidade, o avião enfrentou problemas e fez um pouso forçado numa plantação de soja na zona rural do distrito da Warta, chocando-se violentamente contra o solo. Mesmo ferido, Fellipe desprendeu-se do cinto de segurança e correu para abrir a porta do avião, orientando todos os passageiros para se afastarem rapidamente da aeronave. Logo em seguida, o avião explodiu.
Filho de uma família de aviadores - um tio em um primo são pilotos - Fellipe Seraphim dos Santos nasceu em Londrina em 2 de novembro de 1986, e desde criança, enquanto passava pelo ensino fundamental e médio, tinha clara a intenção de ganhar a vida cruzando os ares. Quando chegou ao ensino superior, ingressou no curso de Ciências Aeronáuticas da Universidade Norte do Paraná (Unopar) e formou-se em 2009.
Enquanto cursava a Universidade, Fellipe concluiu o curso de piloto pelo Aeroclube de Londrina em 2008 e iniciou sua carreira na aviação comercial como co-piloto da empresa Programa Leilões, função que continua ocupando até hoje.
Após enfrentar uma situação bastante difícil como a do acidente na Warta, em que sua intervenção foi decisiva para que todos fossem salvos da explosão do aparelho, Fellipe passou alguns dias no hospital, recuperando-se de uma cirurgia plástica para reconstrução do nariz.
O vereador José Roque Neto, proponente da honraria, destacou o espírito desprendido de Fellipe e a rapidez de raciocínio, que o levou ao gesto decisivo de salvar os passageiros do avião, como fruto da sua dedicação ao trabalho e à profissão que escolheu. "Fellipe é filho de uma família de londrinenses dedicada à cidade. Seu perfil responsável de um jovem de 24 anos, que praticou um gesto de heroismo dessa magnitude, é merecedor desta homenagem", diz o vereador. O pai de Felippe é o fotógrafo londrinense Daniel Procópio dos Santos. 

A foto é do arquivo do CAMBÉ DE FATO. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário