segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Hauly pode ir para a Fazenda, Durval para a Casa Civil

O deputado federal reeleito Luiz Carlos Hauly pode ser o novo secretário de Fazenda do governo Beto Richa. Hauly foi convidado formalmente pelo governador eleito para voltar para a pasta onde esteve entre 1987 e 1990, no governo de Álvaro Dias.
Economista e expert em assuntos tributários, Hauly é defensor da desoneração de impostos sobre produtos de consumo, principalmente entre alimentos, medicamentos e artigos de higiene. Ele também é o principal responsável pelo SuperSimples, sistema que diminui a carga tributária sobre pequenas e micro empresas.
Natural de Cambé, Hauly foi vereador (1973/76) e prefeito (1983/87) da cidade. Em 1987 deixou a Prefeitura de Cambé para ocupar a Secretaria de Fazenda do Estado, a convite do então governador Alvaro Dias. Em 1990 elegeu-se deputado federal pela primeira vez. Em outubro passado Hauly obteve nas urnas sua quinta reeleição consecutiva. Desde 1991 ele é considerado um dos "Cabeças do Congresso" pelo DIAP - Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar e um dos três parlamentares no país a figurar em todas as listas do DIAP desde então.
Durval na Casa Civil
Outro cambeense também deve integrar o primeiro escalão do governo Beto Richa. Trata-se do deputado estadual reeleito Durval Amaral, que pode ocupar a chefia da Casa Civil. Nascido em Londrina, Durval iniciou sua vida pública em Cambé, onde foi vereador e presidente da Câmara (1983/88) e vice-prefeito (1989/1990). Foi chefe de gabinete de Hauly na Secretaria de Fazenda (1987/90) e elegeu-se deputado estadual pela primeira vez em 1990. Foi secretário de Estado do Trabalho no primeiro governo de Roberto Requião (1991/94) e líder de Jaime Lerner na Assembléia Legislativa (1994/98). Atualmente é presidente da CCJ - Comissão de Constituição e Justiça da AL e foi um dos articuladores da implantação do Portal da Transparência na casa. Em outubro último, Durval obteve seu quinto mandato consecutivo de deputado estadual.

Um comentário:

  1. Tomara, Luiz Cesar, que as notícias se confirmem. O Paraná só teria a ganhar com o Hauly na Fazenda e o Durval na Casa Civil. Além de Cambé, é claro.
    E, parece-me que você resolveu postar tudo em um dia só, meu amigo ?
    É bom ter o seu blog de volta.
    um abraço.
    Carlos Segura.

    ResponderExcluir